Google Tradutor e suas "trollagens"

Google Tradutor e suas "trollagens"

Quem nunca usou o Google Tradutor que atire a primeira pedra!

Pois então, vamos falar sobre esse recurso? Quantas vezes você recorreu ao tradutor para traduzir uma frase, fazer seu homework, ou enviar um e-mail em inglês?
Aqui você vai encontrar o prós e contras da utilização dessa ferramenta.

Primeiramente é importante ressaltar que o Google Tradutor existe para ser usado, mas como qualquer outro recurso, é necessário torná-lo um aliado e não um inimigo, principalmente quando ele interfere na aprendizagem de língua inglesa.

O maior erro que cometemos ao usar o tradutor ocorre quando inserimos nele frases inteiras para serem traduzidas, isso porque essa frase está diretamente relacionada à linguagem e, com isso, devemos lembrar que linguagem diz respeito não apenas à junção de palavras de forma simples, mas sim à regras gramaticais, intenções de discurso, contexto, marcas culturais, conotações (ironia, por exemplo), e muitos outros aspectos.

Por isso, aqui fica uma dica importante: não insista em traduzir frases no Google Tradutor. Pode até ser que ele lhe apresente a forma correta da tradução algumas vezes, mas esse recurso em algum momento pode falhar, pois existem palavras com mais de uma tradução e mais de um significado, ou então porque as regras gramaticais das línguas envolvidas são diferentes e também porque o Google Tradutor não identifica o contexto da frase digitada e acaba cometendo equívocos nas interpretações.

Por outro lado, o tradutor pode ser muito útil quando há a intenção de saber o significado de uma palavra ou outra, pois o Google Tradutor foi desenvolvido com o intuito de trazer a tradução literal de uma palavra, então, quando você se deparar com uma palavra nova ou quiser checar a ortografia de algum vocabulário, vá em frente e explore essa ferramenta, afinal esse é um meio bem simples de aprimorar o léxico. Além disso, o tradutor permite a verificação de pronúncia das palavras, assim, quando você clica no botão de som disponível embaixo da palavra traduzida, você pode ouvir e averiguar a pronúncia correta.

Portanto, lembre-se: se sua intenção é aprender inglês, não é saudável que dependa sempre dessa ferramenta, mesmo que ela traga alguns benefícios, não a use em exagero, afinal tudo que é demais pode lhe causar problemas, o mais recomendado é que você esteja em contato com a língua inglesa de fato, seja em contextos reais, vídeos, séries, músicas, etc… E claro não esqueça de estudar e praticar ao máximo, a constância e dedicação podem te levar a fluência! 

 

Por Marina Belló @nina_bello

 

Quer saber mais curiosidades como essa? Então corre para o nosso canal do YouTube (Clique aqui)

Compartilhe

Comentários Facebook

Inspire-se.
Assine nossa
newsletter:

Imagem

Principais tags:

  • GOOGLE
  • INGLÊS
  • IDIOMAS
  • TRADUTOR
  • CURIOSIDADES